Mas que bonecas são essas?

Eu comecei a colecionar bonecas há alguns anos. Na verdade, sempre gostei delas desde pequena, mas quando criança elas eram brinquedos, hoje são realmente uma coleção. Comprei a minha primeira em dezembro de 2008. Até aí, ok… mas você deve estar se perguntando, que bonecas são essas e o que elas têm de diferente?

Elas são voltadas para o público adulto, não são exatamente brinquedos. São caras, colecionáveis e podem ser personalizadas de acordo com o gosto do(a) dono(a). Elas geralmente são em escala 1/6, mas podem ser maiores ou menores (1/3 ou 1/12), pois existem as de 10cm e outras com mais de 60cm. A maioria das que tenho são fabricadas no oriente, como China, Japão e Coréia, mas há exemplares europeus também.

A minha ideia ao colecionar essas bonecas é poder personalizar e fotografar. Adoro vesti-las, arrumar/trocar o cabelo, colocá-las em um cenário interessante e tirar dezenas de fotos. Algumas pessoas apenas as guardam em caixas com as roupas originais e nem fotografam, mas eu acho que a grande graça do hobby é poder mudá-las de acordo com seu gosto e ter ótimos modelos.

O site mais comum para encontrar fotos delas, inclusive o que eu mais uso, é o Flickr. Claro que muitos também usam perfis em redes sociais para mostrá-las, como Facabook e Instagram.

Muita gente pode considerar colecionar bonecas coisa de criança… mas eu garanto, não é. A maioria das(os) colecionadoras(es) que eu conheço, são adultos ou no mínimo, adolescentes. São bonecas de valor elevado (algumas raras e absurdamente valiosas), delicadas, de fabricação limitada. Uma vez lançadas, não são fabricadas novamente. Alguns modelos podem ficar difíceis de serem encontrados com o tempo e isso aumenta o preço no mercado secundário.

“Poxa, mas qual é a graça de colecionar… bonecas?”, você indaga. Bom, tem gente que gosta de colecionar selos, moedas, sapatos, bolsas, jogos de tabuleiro, antiguidades… ou ter o último lançamento de videogame, pilotar helicópteros de controle remoto, jogar poker, restaurar carros antigos. Eu não consigo ver problema algum de colecionar bonecas, é um hobby como qualquer outro.

Agora, falando melhor sobre as bonecas em si. Existem 3 "tipos" mais comuns, que eu vejo as pessoas colecionando: Blythes, Pullips (família Groove) e BJDs. Falarei de cada uma de maneira geral.


Blythe


Blythe modelo Beatrice Vest.


A Blythe tem cerca de 28 cm, uma cabeça bem grande em relação ao corpo com olhos arregalados, corpo mais infantil e pouco articulado (braços não dobram no cotovelo, por exemplo). Ela tem uma cordinha atrás da cabeça que, quando puxada, muda a cor dos olhos: ela vem com 4 pares, de cores diferentes. Dois olham pra a frente, um olha para a direita e o outro olha para a esquerda, como na foto acima.

Blythes são bonecas licenciadas pela Hasbro e fabricadas pela empresa japonesa Takara. Na verdade, ela era fabricada pela Kenner, na década de 1970, mas não vendeu muito bem e por isso foi cancelada. Elas foram relançadas pela Takara na década de 2000 e dessa vez fizeram grande sucesso. Hoje a Takara lança cerca de 20 modelos diferentes de blythe por ano. Leia a história da Blythe mais detalhada AQUI. E para ver todos os modelos de Blythe já lançados, veja AQUI.

Pullip


Pullip Tiphona, parceria com a grife Innocent World.

A Pullip faz parte de uma família de bonecas, na verdade. Além dela há o Taeyang (namorado da Pullip), a Dal (irmã do Taeyang), a Byul (melhor amiga da Dal) e o Isul (irmão da Pullip). 

Esses bonecos tem cerca de 25 a 30cm de altura e corpo articulado com dobras nos joelhos e cotovelos. O rosto deles lembram desenhos japoneses (anime e mangá). Os olhos piscam - exceto a Dal e a Byul - e mexem para os lados, através de uma mecanismo atrás da cabeça. 


Set de bonecos Dollte Porte

Eles eram da marca coreana Jun Planning - que fechou em 2009 - e agora são da empresa Groove, fabricadas pela Cheosang Cheonha na China. As Pullips surgiram em 2003 e as outras bonecas da famíla foram vindo nos anos seguintes, devido ao grande sucesso dela. Site oficial da Groove AQUI (em inglês).


Hoje são lançadas cerca de 12 sets com 1 a 5 modelos de bonecos por ano, geralmente um por mês. A Groove também faz parcerias de licenciamento com várias marcas, como Sanrio (que faz a Hello Kitty), H.Naoto e Angelic Pretty (grifes de roupas japonesa), animes e mangás (como Rozen Maiden, Evangelion e Neo Angelique).

BJDs


Rostos de BJDs de vários tamanhos e marcas.


Já BJDs são fabricadas por diversas empresas/lojas diferentes. Isso porque BJD não é uma marca, e sim uma sigla para Ball Jointed Dolls, algo como “bonecos de juntas/articulações arredondadas”. São feitos de resina ou material semelhante, totalmente articuladas, cujos membros são unidos por um elástico interno. Os olhos são removíveis e colocados dentro da cabeça usando uma espécie de massinha. O cabelo é peruca.


Eles geralmente têm a cabeça proporcional ao corpo, mas isso não é regra. Eles costumam ser feitos por encomenda (alguns são super limitados): você pede em uma loja de acordo com o catálogo disponível e eles o fabricam para você. Por isso pode demorar vários meses até enviarem seu boneco. 


Geralmente a loja tem opção de enviar o boneco maquiado por um valor extra, mas também é possível pedir o rosto em branco e você mesmo pode fazer a maquiagem (ou mandar algum artista fazer).


Eles podem ter de 10cm a 75cm de altura (escala 1/12, 1/6, 1/4 ou 1/3). Normalmente BJDs pequenos são crianças e à medida que o tamanho dos modelos aumenta, eles também "crescem", já que os maiores são quase sempre adultos. Mas isso varia de loja pra loja, nem sempre um boneco pequeno é uma criança, pode ser uma fadinha, por exemplo.


A primeira empresa a fabricar BJDs no molde que conhecemos hoje foi a Volks, que ainda é a principal referência quando se trata desses bonecos. Na Volks eles são conhecidos como Dollfies.

Comentários

Mais visitadas